“Círculo de Mulheres podem ser vistos como um movimento evolucionário e revolucionário que está escondido por trás de uma imagem aparente: parece ser apenas um grupo de mulheres reunidas, mas cada mulher e cada Círculo está contribuindo para algo muito maior.” 

Cada vez mais o Sagrado Feminino ou Círculo de Mulheres tem ganhado espaço para discussão na mídia, nas redes sociais e, principalmente, nas rodas de conversas; como consequência disso, cada vez mais o Sagrado tem despertado a curiosidade de mulheres de diferentes credos, culturas, raças e condições sociais; e as reunido em espaços sagrados de acolhimento, autoconhecimento e despertar de consciência, conhecidos como “Círculos Sagrados de Mulheres”. Nosso objetivo aqui hoje é elucidar o que são os Círculos Sagrados de Mulheres.

Gostamos de pensar que o círculo por si só é um ato revolucionário, pois rompe com todos os estereótipos negativos com relação às reuniões femininas e age contra a ordem social existente que estimula a hierarquização das relações. Dentro de um círculo não há espaço para hierarquias, competições, julgamentos, comparações, fofocas ou máscaras. Pelo contrário, o círculo é espaço seguro e propício para a união, o amor, a cura, a sabedoria feminina, a partilha e a expressão da nossa alma.

Não importa quem se é no mundo lá fora, quando nos reunimos em Círculo como um ato sem julgamentos, descobrimos o verdadeiro significado e efeito da sororidade! Somos apenas nós mesmas, sem rótulos e sem diferenças, aprendemos a expressar o que esta engasgado na nossa garganta, nossas dores, traumas e medos mais íntimos; e passamos a cantar aos sete ventos do círculo nossas alegrias, conquistas e sonhos. E nesse emaranhado de partilha, percebemos que não estamos sozinhas, que outras mulheres possuem os mesmos dilemas, assim como as mesmas belezas e potenciais que nós.

Aprendemos ali dentro a ouvir, a testemunhar e, principalmente, a sentir compaixão pelo processo alheio. Falamos com honestidade e somos ouvidas com empatia. Ali dentro, descobrimos que OUVIR é tão importante quanto FALAR e que todas tem algo a acrescentar!

O Círculo Sagrado de Mulheres é um espaço sagrado de confiança, de aprendizado, de liberdade e, acima de tudo, de amor. Seu propósito é reunir mulheres com objetivos em comum: partilhar experiências; restaurar nossa confiança; resgatar nossa sabedoria e de nossas ancestrais; curar nossas feridas e cicatrizes físicas, mentais, emocionais e espirituais; reconectar com nossa natureza cíclica e com a sacralidade do nosso corpo; reconhecer nossas potencialidades como seres criativos, geradores, intuitivos, instintivos, curadores, fortes, amorosos e sábios que somos; e, por fim, construir uma irmandade cuja base é o amor e a sororidade.

Círculos de Mulheres são um sopro de vida, amor e comunhão mágica. No seu interior, curamos a nós mesmas e aos poucos ajudamos a curar as mulheres que vieram antes de nós e também as que estão vir!

Depoimentos de mulheres que frequentaram os círculos da Casoca, na cidade de Mococa (SP):

Achei super enriquecedora a experiência nos círculos de mulheres que tínhamos na Casoca. Eram momentos de trocas intensas de integração e União. Foi lindo!

 

O círculo de mulheres foi incrível em minha vida, tive várias descobertas. Pude perceber que por mais problemas que pareça termos, juntas somos fortes o bastante pra seguir em frente e superar.  Juntas não só com as incríveis mulheres que acabamos conhecendo neles, mas também com aquelas que estão lá no nosso íntimo, na nossa ancestralidade, principalmente com a natureza, a Terra que está tão perto de nós e as vezes passa despercebida em nosso dia a dia. Sou grata por cada experiência vivida…

 

O círculo de mulheres despertou o feminino lá no fundo, me trouxe mulheres maravilhosas pra perto, me fez entender que somos muito mais fortes juntas. Sou muito feliz por ter encontrado esse meu lado de mulher selvagem e começado a entender meus ciclos, respeitá-los e vivê-los intensamente. Que todas as mulheres do mundo tenham oportunidade de ter contato com algo tão sagrado e especial um dia. 

 

Gratidão, amor, união, sabedoria, algumas palavras que definem a minha experiência com o Círculo de Mulheres que tive o privilégio de fazer parte em 2017. Os encontros eram facilitados pela Vivi e pela Clau, duas pequenas grandes mulheres, por quem tenho admiração, que preparavam para o grupo um ambiente acolhedor, com direito a chazinho de camomila, altares maravilhosos, nos proporcionando encontros únicos, momentos de total entrega, de aprendizado, leveza e harmonia. Lá conheci outras mulheres, algumas mais novas, outras mais experientes, algumas frágeis, outras nem tanto, cada uma carregando consigo uma história de vida, um ponto de vista. Que prazer conhecê -las. Que delicia dividir com elas a minha história, o universo conspirou a nosso favor!!!
Aprendi muito a cada encontro, o poder da Avó  Lua, o amor à mãe Natureza, o precioso contato com a Terra, aprendi sobre os ciclos, os nossos ciclos, sobre a camomila, sobre as Deusas, arquétipos, bênção do útero e tantas outras coisas. Mas o principal e o melhor de tudo isso foi me encontrar.
O auto-conhecimento, entender e aceitar  o meu estado físico, me fez compreender o lado emocional, passei a me enxergar diferente (para muito melhor), a me julgar menos, diminuindo consideravelmente a culpa, a ansiedade. Passei a enxergar as outras mulheres como amigas, com respeito e igualdade, sem essa de inimiga e recalque. Enfim galera, foi TUDO de bom, de maravilhoso, fazer parte dessa roda de Deusas, minha eterna gratidão a todas que estiveram comigo, sou muito grata a ele por cruzar nossos caminhos.
Vivas as mulheres👭💛🍀🌼

 

O que eu tenho a dizer sobre os círculos de mulheres está representado na própria forma geométrica circular, sem arestas, sem começo nem fim. Tão elementar quanto sabermos que somos mulheres é saber que estaremos sempre umas pelas outras. Que quanto mais mulheres em roda, maior nossa força e nossa energia. Que somos cíclicas, não lineares. Que ter um tempo pra si, compartilhado com as amigas, é fundamental pra saúde física e emocional. Esta vivência dos círculos fez muito sentido na minha vida a partir do momento em que nos encontramos e me fez ressignificar minha relação com minhas filhas. Sou eternamente grata ao universo por nossos caminhos terem se encontrado, Claudinha! Levo o sagrado feminino e os círculos no meu coração.

 

Autoras: Claudia e Elisa Barbosa Marcelino.

***

viviane Noda(*) Viviane Noda é empreendedora social, comunicadora e cofundadora dessa mídia interdependente. 

Formada em administração com ênfase em marketing pela ESPM e especializada em Negócios Sociais pela ideologia Yunus, ela acredita que divulgar bons exemplos seja o respiro necessário para dar fôlego na caminhada de um futuro melhor.

Além de escrever, editar, filmar e coordenar, também dá consultoria de comunicação.

**

Lembrando que a missão do PorQueNão? é divulgar conteúdos riquíssimos como esse. A gente acredita que a transformação vem através de bons exemplos, e para continuar trabalhando com um time incrível mais os equipamentos e deslocamentos necessários, contamos com você. Conheça a nossa campanha de financiamento (https://apoia.se/porquenao)